Pájaros

NOS CONHEÇA

Inspirados no modelo de Jesus, igrejas e organizações cristãs na América Latina e no Caribe buscam por meio dessa campanha a proteção integral de migrantes e refugiados.
"Como Nascido Entre Nós"; é uma campanha regional nascida da convicção de que, diante da realidade migratória que se intensifica na América Latina e no Caribe, as comunidades cristãs têm o chamado a responder da maneira como nosso Mestre nos ensinou: com um espírito de aceitação e amor que não conhece barreiras de nacionalidade, raça, língua ou religião. Acreditamos que, se a mobilidade das pessoas de um país para outro responde a fatores estruturais que estão além do nosso controle, o que podemos decidir é a forma como iremos responder: com negação, rejeição ou com espírito de acolhida e solidariedade.
Esta campanha é promovida por igrejas e organizações cristãs da América Latina e Caribe e busca somar esforços já existentes para fortalecer a capacidade da comunidade evangélica de atender, proteger e promover os direitos dos migrantes.

O que queremos alcançar?

“Incentivar a Igreja Evangélica Latino-americana a atuar diante da atual crise migratória, inspirada no modelo de Jesus, tornando-se uma comunidade de acolhimento e defesa dos direitos dos migrantes”.

O que a Bíblia diz sobre migração?

Em todo o texto bíblico, a migração constitui um fato fundamental. É um prelúdio de promessas, é prova, bênção, incerteza, confiança, um processo de purificação, solidariedade, cuidado, proteção, fragilidade e força; é um fato central no plano salvífico de Deus. O próprio Jesus experimentou em primeira mão a realidade de milhões de migrantes, refugiados e deslocados à força, quando nasceram “na estrada”, sem pousada nem abrigo, e quando tiveram que fugir por ameaças de morte. De acordo com a bíblia, Deus cuida dos estrangeiros e, conseqüentemente, espera que seu povo também cuide deles (Êx 23: 9)

Contexto geral da migração na América Latina e no Caribe

Nos últimos anos, a região da América Latina e do Caribe testemunhou um aumento no número de pessoas - incluindo crianças desacompanhadas - deixando seus países de origem em busca de uma vida digna e segura. Milhões de pessoas decidiram empreender um percurso de milhares de quilômetros, viajando sozinhas, em grupos e / ou com suas famílias. Ao cruzar tantas fronteiras, enfrentam inúmeros riscos, incluindo insegurança, violência sexual, tráfico, tráfico de pessoas, temperaturas e climas inclementes, falta de comida e abrigo devido à incerteza, doença, pobreza extrema, falta de de medicamentos, trabalho, violação dos direitos humanos e / ou violência em seus países. À terrível realidade de que vivem os que migram, soma-se a crescente xenofobia, tanto nos países de trânsito como de recepção.

Nascido entre nós © 2021